Você sabe o que é transcriação? Entenda o conceito!

Existem diferentes modos linguísticos e culturais entre os muitos países do mundo. Isso nós sabemos, por isso, uma expressão que tenha um significado no Brasil não faz o menor sentido em outro país e vice-versa. Dessa forma, na hora de fazer a tradução desse tipo de expressão, a atividade de transcriação é fundamental, uma vez que estamos falando do conceito de tradução criativa!

Você conhece esse tipo de tradução e quando ele é utilizado? É esse o nosso assunto neste artigo. Fique com a gente para conhecer mais sobre a transcriação, suas diferenças e aplicações. Vamos lá?

O que é a transcriação? Conheça com a Easy TS!

A transcriação, ou tradução criativa como também é conhecida, é a técnica de tradução que transmite uma mensagem de um idioma para o outro, preservando suas características de identidade, mas que permite certas “liberdades linguísticas” ao tradutor, para adequar a mensagem para o contexto do país de destino. É a junção da tradução com técnicas criativas.

Mãos de uma mulher segurando um tablet

As palavras e frases podem ser trocadas por outras mais adequadas, sem alterar o sentido da mensagem e garantindo que esta seja transmitida de forma eficiente para outra cultura, com uma comunicação clara, sem que haja má interpretação ou ruídos na entrega, garantindo a compreensão do público-alvo.

Um documento criado com a tradução criativa é mais do que um documento traduzido para outro idioma: o conteúdo leva em consideração aspectos culturais e coloquiais do país de destino.

Quer um exemplo? O McDonalds tem como slogan há anos a frase “I’m in lovin it”. Se fôssemos traduzir de forma simples, poderíamos mostrar que quer dizer “estou amando isso”, “gosto tanto disso”.

Porém, para a língua portuguesa isso não faz tanto sentido para servir como slogan da marca, então a equipe responsável em trazer a marca para o Brasil usou da transcriação, uma tradução criativa, para dizer a mesma coisa, usando as mesmas palavras. O resultado foi a frase que sempre vemos em propagandas da marca: “Amo muito tudo isso”.

Bom, agora que você já entendeu melhor o que é a transcriação podem surgir dúvidas com a sua relação com a tradução. Não quer dizer a mesma coisa? Não e nós te explicamos a seguir o porquê.

Transcriação e tradução: qual a diferença?

Podemos dizer que a principal diferença entre a tradução e a transcriação está na técnica que cada uma utiliza para manter a identidade e originalidade de um documento na íntegra.

Tela de um notabook com a bandeira da Inglaterra e da França

Enquanto a tradução profissional, a tradicional como conhecemos, necessita obrigatoriamente que todas as informações do documento sejam traduzidas exatamente como são, com regras específicas e sem liberdade para mudanças; a transcriação não precisa necessariamente de toda essa “rigidez” no processo.

Para a tradução de documentos oficiais, por exemplo, o mais adequado é que se faça uma tradução juramentada, por um tradutor especializado neste tipo de material, com técnicas e regras determinadas.

É somente este tipo de tradução que é reconhecido por instituições e órgãos e possuem validade como um documento oficial e é preciso contar com profissionais capacitados para tal. Nós fizemos um artigo falando tudo sobre tradução juramentada, passe lá para conferir mais detalhes.

Já a transcriação é mais utilizada nas áreas de entretenimento e publicidade, por exemplo, que precisam traduzir imagens, vídeos, jogos, aplicativos para celular e outras mídias, em contextos diferentes em diversos países ao redor do mundo. Ocorre muito também em textos que contém metáforas e analogias bastante presentes em um país e que precisam ter o mesmo significado em outro destino.

Leia também: Entenda a diferença entre tradução e versão e deixe de confundi-las.

Transliteração é a mesma coisa que transcriação?

Essa também é uma dúvida comum, mas não, não é a mesma coisa. A transliteração é quando um conteúdo é escrito de um sistema de escrita para outro, diferente da transcriação, que modifica palavras para encontrar um sentido comum no outro idioma.

Um exemplo bastante comum é quando precisamos que mudar um texto escrito em russo, para o alfabeto latino. Não é uma tradução, é apenas a substituição de um sistema de escrita para outro. Outros sistemas de escritas comuns que precisam de transliteração para o alfabeto latino:

  • escrita arábica;
  • escrita hebraica;
  • escrita cirílica;
  • escrita devagágari, entre outras.

Você pode se interessar: o que é falso cognato e como lidar com eles na tradução?

A tradução pode ser um processo criativo?

Por si só a tradução pode ser um processo criativo, mas em escalas diferentes, ora em maior grau, ora em menor. Como falamos anteriormente, na tradução técnica ou profissional, é preciso ser criado um documento que mostra tudo exatamente tem relação com o original. Então, nestes casos não há a necessidade de dar um novo significado ao material, algo que não existia antes.

A tradução pode ser um processo criativo

Na transcriação, a busca é sempre em encontrar uma equivalência criativa entre termos e expressões na hora de traduzir um documento, além de ter relação com a necessidade de maior conhecimento de aspectos culturais e linguísticos do país de destino, o que dá maior liberdade para a criação. Se não há uma equivalência direta, é trabalho do tradutor encontrar saídas criativas para fazê-lo.

E vale muito a pena ressaltar que não são apenas documentos que são traduzidos com a transcriação. Veja um exemplo: a Red Bull, ao adentrar o mercado chinês, precisou trocar as cores da embalagem para usar o vermelho e o dourado, porque são as cores que tem maior prestígio no país.

Para ler depois: expressões idiomáticas e tradução – como funcionam?

Este foi o nosso conteúdo de hoje! Você conseguiu aprender um pouco mais sobre a transcriação? Esperamos que sim e se ficou alguma dúvida é só comentar logo abaixo que nós respondemos. Continue acompanhando nossos textos e até a próxima!

Confira também: Morar na inglaterra

Avalie este Post
Bruno Pereira

Bruno Pereira

Formado na área de TI com cursos direcionados a atendimento ao cliente, gerenciamento de processos e otimização de recursos, possui mais de 5 anos de experiência no mercado de traduções ajudando pessoas e empresas a falarem o mesmo idioma. É o atual CEO da Easy Translation Services.

Deixe um comentário