Certificado ISO 17100: gestão da qualidade na tradução!

Você já ouviu falar das normas de qualidade ISO? São normas criadas para garantir uma padronização na oferta de produtos e serviços. O mercado de tradução também é regido por normas de qualidade, a conhecida ISO 17100, criada com o objetivo de aprimorar os serviços de tradução em todo o mundo e garantir que tudo seja entregue como o esperado.

No post de hoje, vamos desmistificar a ISO 17100, entendendo como ela funciona na prática, quais as etapas da tradução que ela contempla e porque essa certificação de qualidade é tão importante ao mercado. Vamos lá?

O que é a ISO 17100?

Em resumo, a ISO 17100 é uma norma de qualidade ISO que tem o poder de definir quais os requisitos mínimos para um serviço de tradução de qualidade e certifica diversos momentos de uma tradução escrita. Ela garante que os serviços sejam entregues como o esperado e com processos que passam por auditorias constantes, em busca de melhorias contínuas e atendendo às especificações.

Uma pessoa segurando um notebook e apontando para a tela e outra pessoa anotando em um caderno

Uma empresa que trabalha de acordo com a certificação ISO 17100 está preocupada em entregar produtos, ou seja, as traduções em perfeitas condições, trabalhando apenas com profissionais qualificados e vivem em busca de melhoramento contínuo nos processos: antes, durante e após entregar os serviços.

Além disso, oferecem o suporte e o apoio ao cliente com diversos mecanismos de resolução de problemas.

A ISO 17100 é fundamental para que as empresas de tradução tenham compromisso com a qualidade em todas as etapas, incluindo na escolha de recursos humanos e tecnológicos, definição de procedimentos, serviços de valor agregado, entre outras atividades do dia a dia.

Quais são os termos e definições da ISO 17100?

A norma de qualidade ISO 17100 determina uma vasta lista com 42 definições de diferentes conceitos, que têm relação tanto com os serviços de tradução quanto ao fluxo de trabalho, além da tecnologia utilizada. A certificação norteia também as ferramentas e sistemas de Tecnologia da Informação que dão suporte aos serviços de tradução.

Pessoa apontando para um holograma escrito ISO

Quanto aos profissionais, a norma determina que tradutores, revisores e prestadores de serviço de tradução tenham conhecimentos e recursos necessários e sejam capazes de realizar as tarefas exigidas nas etapas de tradução.

Além disso, a ISO 17100 estabelece como devem ser os processos e as fases de um projeto de tradução, dividindo em pré-produção, produção e pós-produção, determinando as diretrizes de cada atividade realizada em cada fase.

Sobre o processo de revisão, a ISO 17100 diferencia os tipos de revisão em verificação, revisão, revisão especializada, revisão de provas e verificação final. Tudo visando a maior qualidade da entrega final dos serviços de tradução.

Ainda segundo a norma, a revisão é obrigatória e o gestor do projeto de tradução deve realizar a verificação final, certificando que todas as especificações foram acatadas.

Por que a certificação de qualidade é importante na tradução?

Atualmente, qualquer pessoa pode se denominar tradutor e oferecer serviços de tradução, seja com um site ou até mesmo através das redes sociais. Entretanto, é difícil garantir a efetividade desses serviços, ainda mais se este profissional não possuir nenhuma certificação ou capacidade de atestar seus conhecimentos.

Contar com uma empresa de tradução de documentos certificada com a ISO 17100 é ter a certeza de ter processos seguros, protegidos e com os mais rígidos controles de qualidade nas etapas de pré-produção e pós-produção, contando com profissionais qualificados e competentes e metodologias assertivas.

Leia também: Tradução Juramentada – o que é e por que é tão importante?

Como a ISO 17100 funciona na prática?

Quando um serviço de tradução utiliza as diretrizes da certificação de qualidade ISO 17100, todos os processos são auditados e passam por um controle de qualidade de excelência.

Pessoa escrevendo em um caderno

Por exemplo, podem existir dois tradutores, um para realizar o trabalho e outro para fazer a revisão do conteúdo, sempre comparando com o original e com a língua do país de destino.

Esse segundo profissional pode detectar falhas que passaram despercebidas, além de ter o dever de certificar a qualidade de todo o processo. O resultado é o melhor serviço entregue para o consumidor final.

Mas não é só isso. Com a ISO 17100, uma empresa de tradução tem este mesmo cuidado com a qualidade nos demais processos, desde a contratação de pessoas, softwares utilizados e outras atribuições, seguindo as diretrizes mínimas prevista pela norma de qualidade.

Então, quando precisar de um serviço de tradução de documentos, prefira optar por empresas dedicadas e que garantem a qualidade dos seus processos do início ao fim, como a Easy Ts. Nossa empresa oferece diferentes tipos de serviços como a tradução juramentada, revisão de textos em outras línguas, traduções simultâneas e mais, com garantia de qualidade.

E por falar em qualidade, você já ouviu falar das CAT Tools? Já adiantamos que nada tem a ver com os felinos, mas sim com ferramentas computadorizadas para tradução, que ajudam a melhorar o dia a dia dos tradutores, além de agilizar os processos.

Gostou do nosso post de hoje? Continue acompanhando nosso blog, com discussões importantes sobre o mundo da tradução. Se você já teve alguma experiência com as certificações de qualidade na tradução, deixe um comentário aqui embaixo para gente ficar sabendo.

Até a próxima!

Bruno Pereira

Bruno Pereira

Formado na área de TI com cursos direcionados a atendimento ao cliente, gerenciamento de processos e otimização de recursos, possui mais de 5 anos de experiência no mercado de traduções ajudando pessoas e empresas a falarem o mesmo idioma. É o atual CEO da Easy Translation Services.

Deixe um comentário

O mundo das traduções sem burocracias 

Traduções juramentadas, técnicas, simultâneas e mais podem ser contratadas muito mais fácil com a Easy.