Conheça as 15 línguas mais difíceis do mundo com a Easy

Você sabe quais são as línguas mais difíceis do mundo? Selecionamos as 15 principais nesta publicação. Utilizamos como base a dificuldade para entender, compreender e aprender a falar e escrever tais línguas. Ao todo, existem mais 7 mil idiomas no mundo, sendo que 23 deles cobrem mais da metade da população mundial.

Com essa diversidade de idiomas, é claro que algumas línguas teriam um grau de dificuldade maior que outras. Mas, antes de mais nada, é importante mencionar que a dificuldade é muito relativa, por exemplo, para nós, o espanhol é mais fácil que outras línguas, devido à aproximação da fala e escrita. Por outro lado, para o falante do chinês, aprender essa língua é algo muito mais complexo.

Por esse motivo, utilizamos como base a dificuldade para países ocidentais. Agora, sem mais delongas, confira nossa lista de 15 línguas mais difíceis do mundo!

Ah! Aproveite e confira também nosso post sobre a diferença de língua e linguagem.

1. Japonês

O japonês é o primeiro idioma dessa lista e não é atoa. A língua possui alto grau de dificuldade tanto para a língua falada quanto escrita. Tanto a língua, quanto a cultura geral do Japão nos é distante e isso é refletido nos costumes da região. As pessoas que visitam o Japão conseguem observar isso bem de perto.

Notebook com wallpaper da bandeira do Japão lado de um texto explicativo sobre japonês.

Dentre os valores culturais, não podemos deixar de mencionar a importância dada à família, ao trabalho, às pessoas de idade e à conformidade social. Ainda que o japonês esteja na lista de línguas mais difíceis, isso não impede que os turistas visitam o país, especialmente porque trata de um dos melhores e mais curiosos países de se visitar.

2. Coreano

O idioma coreano também não poderia ficar de fora da nossa lista. O alfabeto da Coreia é o hangul que, em simultâneo, é um dos alfabetos mais fáceis de ser aprendido, isso significa que você conseguirá pronunciar as palavras com mais facilidade. Este alfabeto possui apenas 24 letras que permitem diversas combinações. O idioma coreano é falado por mais de 80 milhões de emissores no mundo, com mais pessoas na Coreia do Sul.

Na gramática, a dificuldade fica por conta, principalmente, das estruturas e conjugações no idioma, com regras complexas para ser dominadas.

3. Polonês

O idioma polonês também é um dos mais difíceis do mundo. A dificuldade da língua se dá, principalmente, por ter uma extensa lista de consoantes, somando mais de 35. Diferente do caso anterior, a dificuldade aqui fica por conta da pronúncia e não tanto pela parte gramatical.

O idioma polonês se destaca por ter gênero neutro e por não ter artigo nas suas regras gramaticais. Ao todo, há mais de 60 milhões de comunicadores poloneses no mundo.

4. Mandarim

O mandarim, apesar de ser famoso e falado por diversas regiões do mundo (mais de 1 bilhão de emissores), também está na lista de línguas mais difíceis no mundo. É certo dizer que o idioma mandarim é uma língua tonal, isso significa que a entonação faz parte da sua estrutura semântica.

Neste caso, tanto a parte escrita como falada possuem suas complexidades, isso porque seu sistema gramatical é complicado.

5. Árabe

A língua árabe é constituída por diferentes dialetos do Marrocos e do Iraque, segmentado entre o árabe clássico e o popular. Para os muçulmanos, essa é uma língua sagrada, devido a sua utilização para a exposição do Alcorão. A respeito da sua complexidade, começamos pelo fato da sua escrita e leitura serem feitas da direita para a esquerda.

Notebook com wallpaper da bandeira do Iraque ao lado de um texto explicativo sobre árabe.

A dificuldade também está na pronúncia dessa língua. Trata-se de um idioma com sons complicados para serem memorizados e reproduzidos.

6. Russo

Com mais de 250 milhões de comunicadores russos no mundo, o idioma russo também é complexo e difícil de ser reproduzido. A língua possui mais de 33 letras e sons para além dessas letras. A pronúncia, muitas vezes, difere da escrita, o que torna as coisas ainda mais complicadas.

Por exemplo, quando o “o” é empregado em uma frase e há uma sílaba tônica, ele se transforma em “a”. Essa é apenas uma das diversas dificuldades da língua.

7. Finlandês

Essa é uma língua um pouco menos comum que o resto, mas igualmente difícil de ser utilizada. O idioma finlandês faz parte das línguas fino-úgricas e, em sua gramática, quase não existem as intersecções – facilitadoras para o entendimento de orações em diversas línguas.

Ao todos, podemos somar 15 casos gramaticais distintos.

O que facilita, um pouco, o processo de aprendizagem é que as letras utilizados são comuns com as que utilizamos no português.

8. Húngaro

O húngaro também possui seu grau de dificuldade altíssimo. Ele possui origem urálica, assim como o idioma finlandês, com diversas características e particularidades que a faz ser uma das línguas com maior grau de dificuldade do mundo. Ao todo, a língua conta com mais de 20 casos de declinação, além de 14 vogais e 27 consoantes.

9. Vietnamita

Esse é mais um caso de gramática atípica, o que faz o idioma ser um dos mais complicados para se entender e imitar. O tempo mínimo necessário para aprender todo o vocabulário e saber falar a língua é mais de 40 dias ou 1.000 horas em uma sala de aula. Para quem deseja visitar o Vietnã, deverá investir tempo e dedicação para conseguir ficar craque na língua e, ainda, não saberá de tudo. A experiência completa só acontece quando você já está no país.

Notebook com wallpaper da bandeira do Vietnã ao lado de um texto explicativo sobre língua do país.

10. Alemão

Sem surpresa nenhuma, o alemão está na lista de línguas mais difíceis de se reproduzir. Também podemos dizer que este idioma está entre os 5 mais difíceis do mundo. Dentre os maiores desafios, não podemos deixar de mencionar que tudo na língua alemã tem gênero.

Além disso, nesse idioma, a pronúncia do “R”, para nós é quase indecifrável e muito difícil para ser imitado.

11. Tcheco

O tcheco é outra língua que merece ser destacada na nossa lista. Apenas 11 milhões de pessoas falam o idioma e este faz parte do ramo eslavo das línguas indo-europeias. Na República Tcheca, o domínio do idioma tcheco é sempre bem-vindo, apesar de haver grande utilização da língua inglesa.

Sobre sua complexidade e complicação, a declinação é o principal elemento. Mais do que isso, a pronúncia dessa língua também é bastante difícil.

12. Lituano

O lituano é um idioma bastante incomum (2 milhões de pessoas falam) e, atualmente, está entre as últimas duas línguas bálticas existentes. O primeiro documento com esse idioma tem documentação desde 1500, o que prova a antiguidade presente nesta língua. Mais do que complicada, a língua lituana é antiga e – quase – ultrapassada. Trata-se de uma língua báltica com declinações nos substantivos e três formas para adjetivos, além de três conjugações verbais.

13. Islandês

A Islândia possui, também, um dos idiomas mais difíceis do mundo todo. O Islandês possui 4 diferentes casos gramaticais, além de diversas letras desconhecidas pela maioria das pessoas. Entender e pronunciar as palavras são passos realmente complicados, para tanto, o treinamento com pessoas nativas é a melhor estratégia.

Notebook com wallpaper da bandeira do Islândia ao lado de um texto explicativo sobre a língua do país.

14. Turco

A Turquia é outra nação detentora de uma das línguas mais complicadas para entender e falar. De todas as pessoas no mundo, mais de 200 milhões de pessoas falam o idioma. Os morfemas, em sua gramática, formam as palavras turcas, e é por isso que esta é uma língua aglutinante.

15. Grego

Chegando ao fim da lista, o idioma grego é realmente complicado e complexo, não é à toa que a expressão “por acaso estou falando grego?!” é tão conhecida. Neste caso, o aspecto mais difícil do idioma é seu alfabeto, mas a pronúncia, definitivamente, também não é simples. Necessita-se de bastante prática para que a língua seja efetivamente dominada.

Essas são as línguas mais difíceis do mundo, por outro lado, também podemos destacar outros idiomas tão difíceis quanto, é o caso dos idiomas:

  • mongol;
  • tailandês;
  • estoniano;
  • georgiano;
  • albanês;
  • cantonês; e
  • basco.

Não deixe de conferir nosso blog para saber mais sobre o universo linguístico e de tradução.

Ah! Veja também nosso post sobre expressões idiomáticas e traduções: qual a relação?

Bruno Pereira

Bruno Pereira

Formado na área de TI com cursos direcionados a atendimento ao cliente, gerenciamento de processos e otimização de recursos, possui mais de 5 anos de experiência no mercado de traduções ajudando pessoas e empresas a falarem o mesmo idioma. É o atual CEO da Easy Translation Services.

Deixe um comentário

O mundo das traduções sem burocracias 

Traduções juramentadas, técnicas, simultâneas e mais podem ser contratadas muito mais fácil com a Easy.